Manifestação de servidores prejudica atendimento na Receita em Porto Alegre

Manifestação de servidores prejudica atendimento na Receita em Porto Alegre

Analistas tributários estão mobilizados em frente à sede do órgão na Capital

 

Um protesto de servidores prejudica o atendimento na Receita Federal em Porto Alegre. Os analistas tributários estão mobilizados em frente ao prédio da avenida Loureiro da Silva desde o início da manhã. A manifestação deverá ocorrer somente nesta terça-feira.

Segundo a Receita Federal, os atendimentos estão sendo realizados apenas nos casos agendados ou de emergência. A mobilização dos auditores fiscais, que fazem operação padrão há 50 dias, prejudica a movimentação de mercadorias nas fronteiras.

O protesto é promovido pelo Sindireceita-RS. A entidade tem uma pauta de reivindicações que incluem, entre outros itens, a reestruturação salarial da categoria e a abertura de concurso público.

— Estamos sem aumento há pelo menos quatro anos — afirmou a delegada sindical do Sindireceita-RS em Porto Alegre, Jane Pimentel, que não descarta a realização de outra paralisação na próxima semana.

Segundo o superintendente da Receita Federal no Rio Grande do Sul, Paulo Renato Paz, somente os contribuintes que tinham feito agendamento estão sendo atendidos nesta terça-feira.

— Se o contribuinte não tiver feito o agendamento, recomendamos que procure a Receita Federal em outra data. De qualquer forma, a melhor saída para evitar filas é marcar o horário para ser atendido — salientou.

A Receita Federal também enfrenta problemas na entrada de cargas no país, devido à operação padrão dos auditores fiscais. Conforme Paulo Paz, cerca de 15% das cargas que ingressam no país pelas fronteiras enfrentam demora na verificação de conteúdo.

Fonte: ZERO HORA, 14/08/2012